quinta-feira, 30 de novembro de 2006

Os maiores micos da Internet

A revista PC World listou alguns dos momentos mais embaraçosos que podem ser vistos na Internet citando, entre outros, o garoto que virou piada ao imitar um guerreiro ao estilo Star Wars, a reporter que divulgou sem querer fotos suas sem roupa e o caso do motorista de táxi entrevistado pela BBC, por engano, no lugar de um especialista em TI.

A equipe Sem Sentido foi atrás e conseguiu localizar a maioria destas gafes. Confira os links incluídos a seguir:

1 - Repórter nua: Cat Schwartz, repórter e comentarista de tecnologia no programa TechTV, teve seu momento embaraçoso ao postar fotos em seu blog que continham mais "conteúdo" do que a miniatura mostrava. No original as fotos mostravam seus seios nus. Confira:
Cat eyes
Imagem publicada


Cat - Imagem Original
Imagem original


Cat smoke
Imagem publicada


Cat - Imagem Original
Imagem Original



1 - Dança do macaco: em 2001, Steve Ballmer, atual presidente da Microsoft, resolveu incentivar os funcionários da companhia. Aos gritos de "vamos lá", ele andou, pulou, gritou e se sacudiu pelo palco durante um evento da companhia. Na Internet, a performance pode ser vista sob o nome "The Monkey Boy Dance".





2 - Falta de prática: um agente da agência de narcóticos norte-americana, convidado a dar uma palestra em uma escola, conseguiu acertar um tiro no próprio pé - e isto depois de destacar que ele era a única pessoa na sala capaz de usar bem a arma. O cara ainda tentou disfarçar e seguir com a apresentação...





4 - A Força está com ele: em 2002, um garoto canadense fez um vídeo em que aparecia como um dos vilões de Star Wars girando seu sabre de luz. Na Internet, ele ficou mundialmente conhecido como "Star Wars Kid" e virou alvo de brincadeiras e gozações. Chegou a deixar a escola e a processar quem tinha colocado o vídeo na Web, mas o caso foi fechado no início deste ano. Ele tornou-se uma das figuras mais populares da Web.





5 - Treinamento inadequado: o diretor de relações-públicas do San Francisco 49ers criou uma série de vídeos em que havia cenas nas quais humilhava pessoas, criava situações constrangedoras e fazia afirmações sexistas e racistas. Os vídeos vazaram, e o escândalo terminou com sua demissão.

6 - O cara errado: a BBC conseguiu, numa série de pequenos equívocos, entrevistar Guy Goma, um motorista que buscava emprego na emissora, em vez de Guy Kewney, um especialista convidado para falar sobre a disputa entre a Apple (fabricante do iPod) e a Apple (gravadora dos Beatles). Até que o motorista se saiu bem...





8 - Ainda vivo: em 2001, alguém descobriu que os obituários preparados pela CNN para várias personalidades estavam acessíveis ao público. Subitamente, a Web foi inundada com os obituários de gente (bem viva) como Fidel Castro e Nelson Mandela.
Obituario de Fidel Castro

Obituario de Nelson Mandela



9 - Ruídos de comunicação: apresentadora da CNN, Kyra Philips fez uma parada para descanso e foi ao banheiro. Seu microfone continuava ligado, e o resultado foi a transmissão de sua conversa no banheiro com uma colega, em vez do discurso do presidente Bush pelo aniversário da passagem do Katrina em New Orleans.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Atenção! Seu comentário não será exibido imediatamente, pois todos são moderados. O objetivo é apenas evitar o SPAM e uso de linguagem inapropriada. Todos os demais comentários, sejam positivos ou negativos serão mantidos intactos.